<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d4000921\x26blogName\x3dAs+Imagens+e+N%C3%B3s\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dLIGHT\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/\x26vt\x3d8145402830606333396', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
quinta-feira, março 13, 2003
AS IMAGENS E NÓS

Dos filmes que estão em exibição e que já vi, chamo a atenção para Dez, de Kiostarami. Um filme é uma narração, uma captação de imagens e sons a partir de um dispositivo ou dispositivos próprios. Ora neste caso a ideia é muito interessante, com duas câmaras a darem, em planos fixos, a pessoa que conduz o carro (uma mulher divorciada que tem uma segunda relação) e a pessoa que se senta no banco dianteiro: o filho, uma irmã, uma prostituta, uma jovem casadoira. E a singularidade dos seres desfila diante de nós duma maneira irremediável...Mais uma vez imagens que mostram a ambivalência das imagens de realidade e dos dispositivos que as criam e que as aproximam de nós....
 
José Carlos Abrantes | 8:48 da tarde |


0 Comments: