<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d4000921\x26blogName\x3dAs+Imagens+e+N%C3%B3s\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dLIGHT\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/\x26vt\x3d8145402830606333396', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
quarta-feira, outubro 19, 2005
DOCUMENTÁRIOS

Cartaz DocLisboa2005
Foto do cartaz DocLisboa 2005

A programação de hoje pode ser vista aqui.

Hoje há, feitos em Portugal
18h30, Grande Auditório
Comer o Coração de Rui Chafes e Vera Mantero [P]
de Inês Oliveira
30’ Portugal 2005
Comer o Coração de Rui Chafes e Vera Mantero documenta a peça “Comer o Coração” dos artistas Rui Chafes e Vera Mantero, representação nacional portuguesa na 26ª Bienal de Artes de São Paulo. A peça foi especialmente criada para esta exposição, onde teve a sua estreia absoluta. Rui Chafes criou uma escultura de 9 metros de altura, em ferro pintado de negro. Vera Mantero criou uma coreografia que ela própria interpreta, “na” escultura. Os dois artistas consideram “Comer o Coração” uma autêntica criação a dois, cujo resultado final não é simples de catalogar. Escultura? Performance? Instalação?

Da Pele à Pedra [P]
de Pedro Sena Nunes
40’Portugal 2005
As montanhas verdes tentavam fugir dos fogos que ardiam a terra. No ar abafado, uma brisa conduzia-nos para um trabalho novo: explorar a Lavaria das Minas da Panasqueira abandonadas há 15 anos e integrar a realidade da população de mineiros. Uma aldeia deserta esperava-nos, os olhos atentos de um ou dois habitantes seguiam os nossos passos. Descemos no escuro a 450 metros para conhecer mineiros. Ouvimos histórias e dançámos com elas. Um novo trabalho nascia para além da pele.

Documento Boxe [CI]
de Miguel Clara Vasconcelos
53’ Portugal 2005
Cinco situações que influenciam directamente a carreira do pugilista profissional Jorge Pina. Conhecemos Mário, um pugilista amador, Casteli, o presidente da associação de boxe, Vítor, o treinador, o próprio Jorge Pina e Magalhães, o “manager”. A preparação nos balneários, as pesagens dos atletas, o convívio, os treinos, os ginásios e todos os elementos que rodeiam um combate pouco honesto.
 
José Carlos Abrantes | 4:48 da tarde |


1 Comments:


At 5:27 da tarde, Blogger Roberto Iza Valdes

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.