<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d4000921\x26blogName\x3dAs+Imagens+e+N%C3%B3s\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dLIGHT\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/\x26vt\x3d8145402830606333396', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
quinta-feira, junho 01, 2006
HOJE, em Lisboa
Às 18h30, no Auditório da Fundação Luso Americana para o Desenvolvimento, Rua do Sacramento à Lapa, 21 A Criança e a Televisão: Contributos para o Estudo da Recepção , em que será oradora a Profª. Sónia Carrilho.

À noite, um leilão de fotografia, no CCB.
Do que se conhece, nunca em Portugal o martelo do leiloeiro passou uma sessão inteira a decidir o valor das fotografias. A estreia acontece hoje à noite no Centro Cultural de Belém (CCB), em Lisboa, naquele que é apresentado como o primeiro leilão de imagens fotográficas organizado no nosso país.
Os 300 lotes em disputa representam imagens e suportes que vão desde os primeiros anos da história da fotografia, no séc. XIX, até ao fim dos anos 1970. Entre eles há também livros, máquinas e objectos ligados à fotografia.
Apesar de não se apresentar como um “leilão de autor”, saltam à vista alguns nomes: Carlos Relvas e a planície alentejana, Rocchini e as vistas de Lisboa, A. Bobone e os retratos da monarquia, Biel e os caminhos de ferro, Benoliel e as ruas de Lisboa, San Payo e as faces de Salazar, Alvão e as vinhas do Douro, Horácio Novaes e o sufoco do Estado Novo, Mário Cabrita Gil e os rostos da literatura.

Notícia do Público, hoje.


Dois acontecimentos recentes ambos na linha de pensamento deste blogue que procura aproximar as imagens e os seus utilizadores. Na conferência, são os estudos de recepção, pouco desenvolvidos entre nós, que se afirmam. No leilão são as relações entre a arte, o mercado e o público comprador e apreciador que estão em causa.
 
José Carlos Abrantes | 11:05 da manhã |


0 Comments: