<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d4000921\x26blogName\x3dAs+Imagens+e+N%C3%B3s\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dLIGHT\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/\x26vt\x3d8145402830606333396', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
sexta-feira, junho 16, 2006
IMAGENS DE UM REGRESSO VIII
A Grand Place tem as suas harmonias e os seus contrastes...

Bruxelas Grand Place

e há quem trabalhe, também...

Bruxelas Trabalhadores Grand Place

e não longe, o passeio mais recatado, no caminho da Tropismes e de outra livraria ali perto

Bruxelas Passage
 
José Carlos Abrantes | 5:01 da tarde |


3 Comments:


At 12:24 da tarde, Anonymous Anónimo

Fabulosa esta viagem em imagens... também regresso de uma viagem e na verdade o melhor de regressar é o que trazemos de novo, mas também o sentir que há imagens que partem connosco e que regressam intocáveis... parabéns pelo blogue!...dos mais interessantes que conheço

 

At 3:56 da manhã, Anonymous Tinê Soares

Esta seqüência me agradou pelo contraste na primeira foto (as duas mulheres em primeiro plano contra o fundo arquitetônico), os homens da limpeza parecem fantasiados num lugar tão...sóbrio, e a passarela sob os vidros parece um túnel do tempo: discrepâncias que não se chocam.
O chato nos regressos, e que descobrimos que muitos de nossos clics só têm significância para nós mesmos. Ao mostrar para o outro, somos levados a nos perder em mil explicações e acaba "matando" a nossa idéia "do que vimos".
Beleza.

 

At 3:56 da manhã, Anonymous Tinê Soares

Esta seqüência me agradou pelo contraste na primeira foto (as duas mulheres em primeiro plano contra o fundo arquitetônico), os homens da limpeza parecem fantasiados num lugar tão...sóbrio, e a passarela sob os vidros parece um túnel do tempo: discrepâncias que não se chocam.
O chato nos regressos, e que descobrimos que muitos de nossos clics só têm significância para nós mesmos. Ao mostrar para o outro, somos levados a nos perder em mil explicações e acaba "matando" a nossa idéia "do que vimos".
Beleza.