<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d4000921\x26blogName\x3dAs+Imagens+e+N%C3%B3s\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dLIGHT\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/\x26vt\x3d8145402830606333396', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
quinta-feira, setembro 16, 2004
IMAGEM, SUA DIMENSÃO

A dimensão da imagem é um elemento essencial da sua estrutura como da sua relação com quem vê. Nas cidades, as paredes de grandes edifícios são hoje os suportes de difusão permanente de imagens publicitárias. Em Lisboa, junto a Entrecampos um feliz anúncio da Nokia mantém uma jovem sorridente a olhar para os transeuntes, desde há alguns anos. Mais recentemente, associados ao Campeonato da Europa, os rostos pintados da Canon surgiram também nalgumas paredes. E Figo foi estrela gigante num edifício ali para os lados da 2a Circular. São imagens que se impõem, pela dimensão, aos minúsculos cidadãos que cirandam apressados nas suas bases.
Na pintura encontramos também nos museus imagens de grandes dimensões que alternam com outros de tamanhos variáveis. O cinema e a televisão têm competido de forma constante na dimensão relativa das imagens que divulgam. No início da televisão o cinema respondeu agigantando as suas imagens, depois reduziu-as, criando salas minúsculas. Hoje, as há salas de múltiplas dimensões, mas os écrãs de grande formato estão sempre presentes nos espaços mais modernos. Com as imagens lembramos Alice cujo corpo cresce desmesuradamente ou Gulliver que salta de Liluput para o país dos gigantes. Afinal a dimensão das imagens também é uma relação com as outras coisas e com as pessoas que as vêm.
 
José Carlos Abrantes | 11:49 da tarde |


0 Comments: