<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d4000921\x26blogName\x3dAs+Imagens+e+N%C3%B3s\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dLIGHT\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/\x26vt\x3d8145402830606333396', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
sábado, julho 03, 2004
IMAGENS DE FUTEBOL NA TELEVISÃO

Vale a pena ler hoje a carta de um leitor do Público. O leitor manifesta-se contra os grandes planos dando alguns exemplos com que concordo (cuspidelas). E manifesta-se pelos planos gerais, do que discordo pois as boas realizações de futebol têm que conciliar o geral e o grande plano. Basta ver certos jogos televisionados em inglaterra para perceber a mestria de situar e concretizar. No dia anterior tinha também havido um artigo de um jornalista , Hugo Borges, explicando porque não se viu bem, na RTP, o golo de Maniche . Num depoimento Eduardo Cintra Torres diz que se vê pouca multidão. Talvez tenha razão. Mas eu acho que o mais importante, mesmo assim, é o que se passa nas 4 linhas. Estou mesmo de acordo com o que se diz no texto do jornalista citando o realizador: "Os ingleses e os nórdicos queixam-se que exageramos em planos do público", explicou, referindo que nestes países o que "importa é o que se passa em campo".
 
José Carlos Abrantes | 7:12 da tarde |


0 Comments: