<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d4000921\x26blogName\x3dAs+Imagens+e+N%C3%B3s\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dLIGHT\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/\x26vt\x3d8145402830606333396', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
quinta-feira, dezembro 28, 2006
IMAGENS NOVAS dos pulmões
"O médico israelita Yigal Kushnir implementou um sistema tecnológico que reproduz, através de um computador e em menos de um minuto, uma imagem dos pulmões sem necessidade de submeter o paciente a radiações, informou o jornal Ha''aretz.

A técnica, denominada Vibration Response Imaging (VRI), consiste na colocação de 40 sensores (nas costas do paciente) para que estes transfiram para o écran do computador as vibrações da respiração. "Ninguém acreditava ser possível utilizar esses sons dos pulmões, limpá-los e criar uma imagem", disse Kushnir, acrescentando que " no futuro, a tendência é que não haja médico que não conte com esta nova tecnologia nas suas consultas".

Além da sua actividade como pediatra em Pardes Hannah, Israel, Kushnir, 61 anos, é director-geral da empresa de investigação de alta-tecnologia, Deep Breeze, com sucursais em Frankfurt, Alemanha, e Seattle, nos EUA."


Pode ler a notícia aqui. Parece uma descoberta muito promissora pois as radiações dos raios X podem criar alguns efeitos secundários. E não deixa de ser mais um passo surpreendente, aos olhos do leigo, este ovo do Colombo da era dos computadores.
 
José Carlos Abrantes | 7:34 da manhã |


0 Comments: