<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d4000921\x26blogName\x3dAs+Imagens+e+N%C3%B3s\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dLIGHT\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/\x26vt\x3d8145402830606333396', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
quarta-feira, março 19, 2003
AS IMAGENS E AS PALAVRAS

Raramente as imagens são puras...como nós. Quase sempre estão acompanhadas por palavras ou sons que as enriquecem ou empobrecem. Para as ler socorremo-nos frequentemente de palavras, orais ou escritas, para melhor nos situarmos em relação a elas. Nessa relação cabe também a gestualidade abundante com que lhes reagimos ou as imagens mentais que fabricamos para lhes fazer face.
Neste caso, são as palavras escritas num jornal que avaliam as imagens de televisão.No Diário de Notícias de ontem, quarta feira, na secção DN Educação, vem um texto de um aluno da Escola Secundária Moinho de Maré do Seixal que reaje à informação televisiva da era (portuguesa) da pornografia infantil. Diz ele: "Hoje em dia...é nojento ver os telejornais."
 
José Carlos Abrantes | 3:47 da tarde |


0 Comments: