<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d4000921\x26blogName\x3dAs+Imagens+e+N%C3%B3s\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dLIGHT\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/\x26vt\x3d8145402830606333396', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
terça-feira, março 16, 2004
TELEVISÃO Qualidade

Não é novidade que em Portugal a iniciativa cívica é reduzida. Temos dificuldade em assumir que a vida que temos depende de nós próprios, das nossas iniciativas, dos nosso protestos, dadas nossas intransigências. Não quero dizer que já não tenha sido pior. Mas deixamos demasiado nas mãos de outros a condução e responsabilidade da nossa vida, da qualidade da nossa vida. Queixamo-nos demais dos governos, dos outros que nos tornam a vida impossível e dificilmente arriscamos numa accção concertada. Tudo isto a propósito de uma iniciativa brasileira que sintetisa em dez mandamentos uma televisão de qualidade



OS DEZ MANDAMENTOS DA TV DE QUALIDADE


1. Ser Atraente
Um programa que fale a linguagem dos jovens, que tenha música, ação, competições, movimento e humor.


2. Gerar Curiosidade
Mais do que transmitir informação, um programa de qualidade deve gerar interesse por outras áreas como esporte, música, cultura...É importante que o programa desperte a curiosidade e o gosto pelo saber.


3. Confirmar Valores
Transmitir conceitos como: Família, Respeito ao próximo, Solidariedade, Princípios éticos.


4. Ter Fantasia
Estimular a brincadeira, a fantasia, fazer sonhar.


5. Não Ser Apelativo
Não banalizar a sexualidade e não usar um vocabulário chulo. Mas, é também não explorar a desgraça alheia e o ridículo, não incentivar o consumismo, não mostrar o consumo de drogas e o comportamento violento como uma coisa normal.


6. Gerar Identificação
Colocar personagens, temas e situações que tenham a ver com essa geração. Para os pais é importante que seus filhos vejam suas dúvidas, seus confrontos e anseios sendo discutidos nos programas de televisão, que se identifiquem com as situações e extraiam daí algum ensinamento.


7. Mostrar A Realidade
Para os pais, é importante que o programa não mostre um mundo que não existe, que não iluda ou falseie a realidade.


8. Despertar O Senso Crítico
Para os pais o programa de qualidade é aquele que leva o jovem a refletir e dá espaço para ele pensar e montar uma visão crítica.


9. Incentivar A Auto-Estima
Respeitar e valorizar as diferenças, não transmitir o preconceito e a discriminação através de estereótipos.


10. Preparar Para A Vida
Abrir os horizontes, mostrar opções de vida que ajudem o jovem a escolher seu direcionamento.

 
José Carlos Abrantes | 2:18 da tarde |


0 Comments: