<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d4000921\x26blogName\x3dAs+Imagens+e+N%C3%B3s\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dLIGHT\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/\x26vt\x3d8145402830606333396', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
sexta-feira, setembro 24, 2004
IMAGENS MÉDICAS

O ” Le Monde refere uma viva polémica em França gerada a partir de uma publicidade da Philips sobre ecografias a 3 dimensões. “Em 3 dimensões e em tempo real, as ecografias são a partir de agora mais verdadeiras que a natureza. É um passo de gigante em matéria de diagnóstico porque finalmente os médicos podem obter imagens que reflectem a realidade.” Isto se diz no anúncio. Ora há médicos que contestam que as 3 dimensões tragam, para o diagnóstico, informações novas. E depois há temores de excesso de exposição dos fetos aos ultrasons (fala-se na “ecomaton” pois o que se irá seguir será o “comércio” de DVDs “artísticos” sobre as imagens dos fetos. E o receio de que os médicos não equipados a 3 dimensões possam ser também marginalizados. Imagens, negócios, progressos, ilusões, saúde, tecnologias, concorrência, realidade. Tantos conceitos que se associam às imagens, não as deixando confinadas apenas ao seu valor visual. De qualquer modo, as futuras mães terão outros meios de recordar a gravidez, com imagens de novo tipo.
 
José Carlos Abrantes | 1:23 da tarde |


0 Comments: