<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d4000921\x26blogName\x3dAs+Imagens+e+N%C3%B3s\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dLIGHT\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/\x26vt\x3d8145402830606333396', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
domingo, dezembro 12, 2004
IMAGENS DE TELEVISÃO: PROVEDOR

No Brasil na TV Cultura já há um provedor de televisão . Lembro que também em França, na France 2, existe um mediador de informação, actualmente Jean Claude Allanic e uma mediadora de programas. Recordo ainda que no Curso da Arrábida, "A construção do olhar", realizado em 2000, esteve prevista a vinda do então provedor Didier Epelbaum, que, na última hora, foi “desviado” para uma missão jornalística nas Filipinas. O texto da sua intervenção, bem como o de Renaud Gilbert, ombudsman da Maison de Radio-Canada (que engloba rádio e televisão e que esteve presente) , sairão em 2005, num livro da coleccção Media e Jornalismo, do CIMJ. Didier Epelbaum viria depois a ser o primeiro orador convidado do Falar Televisão (27 de Fevereiro de 2002) dando conta então da Carta de Principios que estava a elaborar e da sua ex-actividade de mediador de televisão, com um programa em antena, aos sábados, depois da informação das 13h.
Em 2005 haverá mais discussão pública em Portugal sobre este assunto pois está prevista, em moldes a definir, a vinda de Jeffrey Dvorkin, presidente da ONO (Organisation of News Ombudsmen) e também de Dominique Mehl, investigadora do CNRS. O primeiro é ombudsman da National Public Radio (é verdade, também há provedores na rádio), a segunda está a fazer um estudo sobre o correio da mediadora de programas de France 2, Geneviève Guicheney que também esteve no curso da Arrábida Públicos, Televisão (2001). Veio depois a convite da Comissão de Trabalhadores da RTP, em 2002, na fase em que se pensava que a RTP2 poderia ser extinta.
 
José Carlos Abrantes | 1:35 da tarde |


0 Comments: