<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d4000921\x26blogName\x3dAs+Imagens+e+N%C3%B3s\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dLIGHT\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/\x26vt\x3d8145402830606333396', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
sexta-feira, outubro 17, 2003
INVESTIGAÇÃO SOBRE IMAGENS

Trouxe do Brasil sobretudo imagens mentais, recordações, uma experiência do bom e do mau que por lá pulula. E também uma ou outra prenda, muitos discos, bastantes livros. Já me tenho referido a alguns. Um deles, "Vivendo com a telenovela: Mediações, recepção e ficcionalidade"é um trabalho de qualidade, dirigido Maria Immacolata Vassalo Lopes, da Universidade de S. Paulo. No estudo colabora a professora Sílvia Borelli da PUC de S. Paulo que pude ouvir e conhecer no último Congresso da Intercom.
Livro e Congresso deixaram-me a ideia que ao lado do Brasil com problemas existe um outro pujante e com qualidade.

Este livro é uma investigação sobre telenovelas a partir da sua recepção em 4 famílias. Para as autoras

1 a relação receptores-televisão é necessariamente mediatizada, sendo fruto mesmo de múltiplas mediações;

2 A recepção é um processo e não um momento, fazendo com que a telenovela seja "transportada" para grupos de participação em que o espectador se integra;

3 O significado televisivo é "negociado"pelos espectadores, ou seja os significados propostos pelos que fazem a telenovela não são necessariamente os significados percebidos. Por outras palavras, cada espectador negoceia um sentido a partir da sua cultura, do seu "background", do seu estado emocional, da sua pertença social.

Lopes, Maria Immacolata, Borelli, Silvia e Resende, Vera, "Vivendo com a telenovela: Mediações, recepção e ficcionalidade", S. Paulo, Sumus Editorial, 2002
 
José Carlos Abrantes | 12:10 da tarde |


0 Comments: