<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d4000921\x26blogName\x3dAs+Imagens+e+N%C3%B3s\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dLIGHT\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/\x26vt\x3d8145402830606333396', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
quarta-feira, março 26, 2003
IMAGENS DE HOJE

Duas televisões, dois mundos, a mesma guerra
é um interessante texto escrito por KARIM EL-GAWHARY, a partir de Amã e que mostra como a mesma realidade está a ser mostrada de forma diferente pela CNN e pela Al-Jazira.
"O resultado das duas frentes mediáticas não podia ser mais diferente. A CNN mostra, com as suas "câmaras ao vivo", o lado limpo da guerra com imagens de explosões pirotécnicas em Bagdad, que mais parecem efeitos especiais "made in Hollywood", ou mostra as tropas americanas em andamento ou as unidades em combate. Os generais dos Estados Unidos apontam para os gráficos e dão explicações sobre o hipotético decurso da guerra. Explicam que aqui e ali as cidades não foram conquistadas mas sim "cleared".
A Al-Jazira, por seu lado, mostra o lado feio da guerra. Imagens que não podemos olhar de frente, porque nos sentimos mal. Como por exemplo as imagens no hospital em Bassorá, onde se vêem corpos todos carbonizados. Os cadáveres estão empilhados no corredor do hospital e um dos enfermeiros tenta limpar o sangue das vítimas. Os espectadores da televisão árabe olham para o lado e sentem-se impotentes."

 
José Carlos Abrantes | 4:12 da tarde |


0 Comments: