<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d4000921\x26blogName\x3dAs+Imagens+e+N%C3%B3s\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dLIGHT\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/\x26vt\x3d8145402830606333396', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
quinta-feira, dezembro 04, 2003
DISPOSITIVO

"A relação (de quem vê) com a imagem é mediada pela fisiologia, pela psicologia (percepção) mas também pelos meios e técnicas de fabrico de imagens, pelos modos de da sua circulação e reprodução, os lugares onde são acessíveis ou os suportes da sua difusão. " Esse conjunto de mediações materiais entre as imagens e as pessoas são os dispositivos, afinal tudo aquilo que permite pôr as imagens ao alcance de quem as apropria: uma sala de cinema é um dispositivo diferente de uma televisão num bar, como as salas de cinema são diferentes entre si (por isao cada um de nós cria as suas preferências, tem os seus dispositivos preferenciais). Ver imagens num local ou noutro é diferente … por causa dos dispositivos.

AUMONT, J., A imagem, Campinas, Papirus Editora, 1993 (1º edição francesa 1990), pp 135-196.

 
José Carlos Abrantes | 10:04 da tarde |


0 Comments: