<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d4000921\x26blogName\x3dAs+Imagens+e+N%C3%B3s\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dLIGHT\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://asimagensenos.blogspot.com/\x26vt\x3d8145402830606333396', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
segunda-feira, fevereiro 02, 2004
DOCUMENTÁRIO A excelência do documentário

Desejo chamar a atenção para o facto de ter estreado, 5a feira, dia 22, no Cinema El Corte Ingles (e tb no Porto e em Faro), o filme Ser e Ter, de Nicolas Philibert, um filme sobre um professor do 1º ciclo numa classe da Auvergne (França) filme que se pode caracterizar como uma narrativa sobre o que é a aprendizagem e as suas dificuldades.

Julgo que são raros os momentos de partilha, no espaço público, das questões pedagógicas a partir de imagens. Julgo por isso que a passagem deste filme encerra uma oportunidade de pôr em comum algumas preocupações, convicções ou interrogações que professores e pais vivem neste Portugal agitado pela febre mediática dos escândalos polticos e sociais. Sugiro por isso que, caso concorde, chame a atenção de cineastas e cinéfilos, professores, alunos ou familares e amigos para o interesse em ver e discutir o filme referido.

Assinalo também o ciclo que está a decorrer no Institut Franco Portugais, com filmes do mesmo realizador, ciclo que terá lugar nos dias 2, 9 e 16 de Fevereiro (em 26 de Janeiro foi exibido O país dos surdos) .
 
José Carlos Abrantes | 7:16 da tarde |


0 Comments: